Fotos antigas de Araci

As fotos antigas disponibilizadas aqui fazem parte do Projeto Fotos Antigas de Araci. A ideia do projeto é criar um banco de dados com todas as fotografias antigas encontradas e disponibilizar junto ao acervo do museu do Centro Cultural, as mais significativas e histórias, e neste site o acervo completo. São fotografias antigas, em sua grande maioria em preto e branco, datadas do inicio do século XX até os anos 80 que retratam a vida social, religiosa, política e cultural da cidade.

Das fotografias encontradas, estão algumas do acervo do Padre Carlos Olímpio Ribeiro (1888-1953), que foi pároco de Araci durante muitos anos, chegando aqui no ano de 1913. O Padre Carlos gostava muito das novidades tecnológicas, e nas décadas de 20 e 30, andava em suas missões religiosas com uma máquina fotográfica, onde fez diversos registros das missões e eventos religiosos, como por exemplo, das festas de vaqueiros que aconteceram em Araci no ano de 1934 e em Pedra Alta no ano de 1936.

Em seu acervo, que foi disponibilizado pelo serrinhense Sr. Isaac Álvaro da Silva, presidente da Filarmônica 30 de junho e também pelo Sr. Edmundo Bacelar, responsável pelo Museu Pró-Memória de Serrinha, constam mais de 150 (cem e cinquenta) fotografias. Muitas delas tiradas em Serrinha, Lamarão, Teofilândia e Araci. Fazem parte ainda do conjunto algumas fotografias tiradas em Caldas do Jorro, no finalzinho dos anos 40 e inicio dos 50. O Padre Carlos tinha um problema de saúde e foi um dos primeiros banhistas das águas termais do Jorro em busca de uma cura.  Andava ele já naquela época motorizado em seu carro ford bigode, no qual foi fotografado pousando ao lado, na praça da cidade de Araci, no ano de 1934. O acervo completo do Padre Carlos pode ser consultado aqui.

Muitas pessoas e até mesmo moradores de outras cidades, mas que têm uma ligação seja familiar ou afetiva com Araci tem contribuído com fotografias antigas, como é o caso da Professora e escritora Lena Castello Branco, residente em Goiás, neta do Cel. Vicente Ferreira da Silva (1854-1932) e sobrinha das professoras Aura e Deraldina, que forneceu uma fotografia do Coronel e sua família datada do ano de 1903, configurando-se assim como uma das fotos mais antigas encontradas até agora.

Infelizmente, a fotografia, que no final do século XIX já era bastante difundida nos grandes centros e em algumas cidades do interior, só chegou em Araci muito tempo depois, seja pelas dificuldades de locomoção, já que o trem só ia até Serrinha ou Salgadália, tendo que completar a viagem no lombo de um cavalo ou de carro de boi, o que dificultava a passagem de fotógrafos por estas bandas, seja também pelo poder aquisitivo das pessoas à época.

O Antigo Raso

 Não se tem notícia, até agora, de registros feitos por moradores do Raso, como Araci era denominado antigamente, feitos no final do século XIX, inclusive nenhuma fotografia dos filhos de José Ferreira de Carvalho (1783-1866), fundador do Raso e até mesmo de alguns de seus netos, como é o caso de Antônio Ferreira da Mota, que foi Intendente local, falecido em 1928, e que não deixou fotografia sua. Algumas dessas fotografias podem ser também conferidas através da página Fotos Antigas de Araci, no Facebook. E se você tem alguma fotografia antiga ou conhece alguém que tenha colabore com o projeto, fazendo sua contribuição. As fotos colhidas são digitalizadas e as originais devolvidas a seus donos.


Autor: .Diversas
Publicado em: 02/05/17

  • Capela do Bonfim, construída em 1897.

  • Desfile da Primavera. Anos 50

  • Atual Igreja Matriz. Anos 70

  • O povo na praça durante a celebração da ordenação do Pe. Celestino Pinheiro. Em primeiro plano, à esquerda, José Tibúrcio da Silva. 1953

  • Procissão subindo o Morro do Bonfim. S/d

  • Casa do Cel. José Roque de Oliveira (1858-1932). Foi demolida no inicio dos anos 70 para dar lugar ao atual açougue municipal.

  • Inicio da construção da atual Igreja Matriz de Araci. Anos 60.

  • Membros da Irmandade do Coração de Jesus com o Pe. Carlos Olimpio Ribeiro. Foto tirada em frente da casa da Professora Áura Ferreira em 1934.

  • Demolição da primeira Igreja de Araci em 1959

  • Interior da primeira Igreja de Araci, construída em 1859 e demolida em 1959. Foto tirada em 1953.

  • Pe. Carlos Olímpio Ribeiro esteve à frente da Paroquia Nossa Senhora da Conceição, em 1913, quando Araci era Independente. Muito tempo depois, em 1932, retornou a celebrar missas esporádicas em Araci, mas desta vez como pároco da Freguesia de Serrinha. Faleceu em 23 de maio de 1953.

  • Time de Futebol araciense na Praça da Conceição em 30 de junho de 1940. Ao fundo pode-se ver o antigo cata-vento da praça. Da esquerda pra direita: Ademar Mota, de joelho (juiz), Demerval Góes, Erasmo Pimentel (Erasmo de Mirinha), Arlindo Pedreira (de Pedra Alta), Abílio Mota, Severino Góes (Lelê), Hermógenes Silva, Alfredo Pimentel (Mimi), Alfredo Ferreira (De Guilé), Virgilio Ferreira (De Guilé) e Epaminondas (do Dner).

  • Desfile cívico. 07 de setembro. Anos 70

  • Destacamento policial em frente ao prédio da antiga Prefeitura de Araci. Anos 50

  • Missa dos vaqueiros em Pedra Alta. 1936

  • Antiga Igreja Matriz em 1926

  • Vista lateral da antiga Igreja de Araci com procissão. Inicio dos anos 50