Atas e Procurações 1887-1892

Disponibilizamos aqui livros do Cartório de Registro Civil de Araci, os quais compreendem registros de nascimentos, casamentos e óbitos, além de alguns livros de atas e notas. São documentos que vão desde o ano de 1877 até 1940, totalizando 4.800 páginas. A digitalização foi realizada pelo historiador Urano Andrade, pesquisador do Arquivo Público do Estado da Bahia (APEB) e responsável também pelo projeto de digitalização dos Livros de Notas da Bahia (1667-1889), que estão no APEB, através de financiamento da Biblioteca Britânica, mediante o Programa de Arquivos Ameaçados. Segundo Pedro Juarez Pinheiro, responsável por fazer o levantamento da documentação, “apesar de ser uma coleção relativamente pequena, é bastante significativa para a pesquisa histórica do município e região, pois em alguns documentos encontram-se, por exemplo, registros de casamentos e nascimentos de escravos, além de livros com procurações, arrendamentos e atas de eleições”. No caso da digitalização da documentação de Araci, só foi possível com o financiamento do Colégio Apoio, através do Professor José Nilton Carvalho Pereira, o qual também é Vice-Presidente do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) e tem financiado a preservação de acervos históricos, como o de jornais antigos de Araci, Serrinha e região. Tanto os jornais digitalizados e reimpressos como os documentos do Cartório de Registro Civil de Araci, recém digitalizados, estarão disponíveis para consulta no Centro Cultural de Araci, Fórum de Araci, bibliotecas da UNEB de Serrinha e Coité, além do IGHB e APEB e serão uteis para a produção acadêmica, principalmente de estudantes dos cursos de História e Letras.